Ir para conteúdo
Anúncios

Não há possibilidade de manter paridade e integralidade para aposentadoria de militares, diz Maia

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – A eventual manutenção da paridade e da integralidade do aposentadoria dos militares no texto a ser encaminhado ao Congresso não tem a “menor possibilidade”, afirmou nesta terça-feira o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Para os deputados, os militares não podem ser tratados de forma “negativa”. Maia também elogiou a atuação das Forças Armadas e lembrou que há uma defasagem salarial para os militares.

“Paridade não tem mais quem defenda. Integralidade, aqueles que entraram com integralidade ainda tentam defendê-la”, disse o presidente da Câmara. “Os militares estão vindo para o mesmo debate, é obvio que para os novos de jeito nenhum (paridade e integralidade).”

“Isso não tem a menor possibilidade”, garantiu, ao ser questionado sobre a manutenção da paridade e da integralidade para os militares.

Maia argumentou que o próprio governo tem defendido que sejam aplicadas as regras do regime geral para os que ingressarem a partir da nova lei no serviço público ou militar

“O problema é que nós estamos no fim da festa, o Brasil quebrou. Eles estão querendo entrar nessa festa no finalzinho, quando já está amanhecendo, a música já está acabando, não tem ninguém mais para dançar”, afirmou o deputado.

“Então precisa organizar de que forma que compensa eles de alguma forma, sem sinalizar para o Brasil que nós estamos empurrando essa festa por mais alguns anos com um Estado já quebrado, sem capacidade de realizar investimento”, disse.

O presidente da Câmara alertou ainda que para conseguir os 308 votos necessários para a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, o governo precisará de apoios em todos os campos políticos, lembrando que o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tem cerca de 50 votos. A desarticulação da base tem sido um dos alvos das críticas de parlamentares, mesmo os simpáticos ao governo.

Um outro ponto que desagradou parlamentares diz respeito a decreto publicado na véspera que endurece as regras para a ocupação de cargos de confiança no Executivo federal. O texto proíbe a nomeação de pessoas que não se enquadram na Lei de Ficha Limpa e institui critérios técnicos a serem seguidos, como tempo de experiência e formação acadêmica.

Segundo Maia, a demanda entre deputados é que o governo retifique o decreto para que tenha validade a partir de 1º de janeiro.

“Se não fica parecendo que está escolhendo quem pode e quem não pode estar no filtro do decreto que foi publicado ontem”, disse o presidente.

Fonte: Extra

https://platform.twitter.com/widgets.js
Anúncios

PolicialBR Canal Oficial - Não Governamental Ver tudo

Comunidade dos policiais e bombeiros do Brasil

Um comentário em “Não há possibilidade de manter paridade e integralidade para aposentadoria de militares, diz Maia Deixe um comentário

  1. Essa Reforma da Previdência é uma verdadeira safadeza. Esses safados querem acabar com coisas básicas e direitos dos servidores públicos e dos militares. por ex eu cito as questões das alíquotas dos Estados: ficaria a critérios dos Governadores aumentar essas alíquotas em até 22 p/cento de desconto para a Previdência dos servidores, sem nenhuma tabela, como foi criada para os servidores da União. Há tb tantos artigos que são verdadeiros absurdos, como passar a descontar dos servidores aposentados, que recebem acima de um salário mínimo, descontos para a Previdência Social, enquanto na previdência privada isso não pode ocorrer. Há possibilidadeppara tudo nessa reforma, atingindo em cheio os pobres servidores estaduais!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: