Ir para conteúdo
Anúncios

Camaradas policiais militares de SP, fomos traídos. Se não bastasse o fel do PSDB agora teremos a junção com o veneno do PT.

Em eleição que deu a vitória da presidência da Alesp (Assembleia de São Paulo) ao deputado Cauê Macris (PSDB), com 70 votos, o PSL votou em massa na candidata Janaína Paschoal. Mas, apesar da bancada de 15 deputados, ela só teve mais um voto fora de seu partido. Foi do deputado Arthur Mamãe Falei (DEM). As bancadas do PSOL e do Novo, por sua vez, concederam quatro votos para Monica Seixas e Daniel José.
Com apoio do PT, parlamentar do PSDB conseguiu 70 dos 94 votos e mantém o partido, que ocupa a presidência desde 2007, no posto por mais dois anos.

Veja como votaram os deputados estaduais de São Paulo na eleição à presidência e observem a união entre PSDB e PT | EM NEGRITO VOTOU EM JANAÍNA PASCHOAL…

  • Adalberto Freitas (PSL) – Janaína Paschoal
  • Adriana Borgo (PROS) – Cauê Macris
  • Agente Federal Danilo Balas (PSL) – Janaína Paschoal
  • Alex de Madureira (PSD) – Cauê Macris
  • Alexandre Pereira (SD) – Cauê Macris
  • Altair Moraes (PRB) – Cauê Macris
  • Analice Fernandes (PSDB) – Cauê Macris
  • André do Prado (PR) – Cauê Macris
  • Aprígio (PODE) – Cauê Macris
  • Arthur Mamãe Falei (DEM) – Janaína Paschoal
  • Ataide Teruel (PODE) – Cauê Macris
  • Barros Munhoz (PSB) – Cauê Macris
  • Beth Sahão (PT) – Cauê Macris
  • Bruno Ganem (PODE) – Cauê Macris
  • Caio França (PSB) – Cauê Macris
  • Campos Machado (PTB) – Cauê Macris
  • Carla Morando (PSDB) – Cauê Macris
  • Carlão Pignatari (PSDB) – Cauê Macris
  • Carlos Cezar (PSB) – Cauê Macris
  • Carlos Giannazi (PSOL) – Monica Seixas
  • Castello Branco (PSL) – Janaína Paschoal
  • Cauê Macris (PSDB) – Cauê Macris
  • Cezar (PSDB) – Cauê Macris
  • Conte Lopes (PP) – Cauê Macris
  • Coronel Nishikawa (PSL) – Janaína Paschoal
  • Coronel Telhada (PP) – Cauê Macris
  • Daniel José (NOVO) – Daniel José
  • Daniel Soares (DEM) – Cauê Macris
  • Delegada Graciela (PR) – Cauê Macris
  • Delegado Bruno Lima (PSL) – Janaína Paschoal
  • Delegado Olim (PP) – Cauê Macris
  • Douglas Garcia (PSL) – Janaína Paschoal
  • Dr. Jorge do Carmo (PT) – Cauê Macris
  • Dra. Damaris Moura (PHS) – Cauê Macris
  • Ed Thomas (PSB) – Cauê Macris
  • Edmir Chedid (DEM) – Cauê Macris
  • Edna Macedo (PRB) – Cauê Macris
  • Emidio de Souza (PT) – Cauê Macris
  • Enio Tatto (PT) – Cauê Macris
  • Erica Malunguinho da Silva (PSOL) – Monica Seixas
  • Estevam Galvão (DEM) – Cauê Macris
  • Fernando Cury (PPS) – Cauê Macris
  • Frederico d’Avila (PSL) – Janaína Paschoal
  • Gil Diniz (PSL) – Janaína Paschoal
  • Gilmaci Santos (PRB) – Cauê Macris
  • Heni Ozi Cukier (NOVO) – Daniel José
  • Isa Penna (PSOL) – Monica Seixas
  • Itamar Borges (MDB) – Cauê Macris
  • Janaína Paschoal (PSL) – Janaína Paschoal
  • Jorge Caruso (MDB) – Cauê Macris
  • Jorge Wilson Xerife Consumidor (PRB) – Cauê Macris
  • José Américo (PT) – Cauê Macris
  • Leci Brandão (PCdoB) – Cauê Macris
  • Léo Oliveira (MDB) – Cauê Macris
  • Leticia Aguiar (PSL) – Janaína Paschoal
  • Luiz Fernando (PT) – Cauê Macris
  • Major Mauro (PR) Cauê Macris
  • Major Mecca (PSL) – Janaína Paschoal
  • Manoel Nascimento (PSL) – Janaína Paschoal
  • Marcia Lia (PT) – Cauê Macris
  • Marcio Nakashima (PDT) – Cauê Macris
  • Marcio Paschoal (Marcio da Farmacia) (PODE) – Cauê Macris
  • Marcos Damasio (PR) – Cauê Macris
  • Marcos Zerbini (PSDB) – Cauê Macris
  • Maria Lúcia Amary (PSDB) – Cauê Macris
  • Marina Helou (REDE) – Cauê Macris
  • Marta Costa (PSD) – Cauê Macris
  • Mauro Bragato (PSDB) – Cauê Macris
  • Milton Leite Filho (DEM) – Cauê Macris
  • Monica da Bancada Ativista (PSOL) – Mônica Seixas
  • Paulo Correa Jr (PATRI) – Cauê Macris
  • Paulo Fiorilo (PT) – Cauê Macris
  • Professor Kenny (PP) – Cauê Macris
  • Professora Bebel (PT) – Cauê Macris
  • Rafa Zimbaldi (PSB) – Cauê Macris
  • Rafael Silva (PSB) – Cauê Macris
  • Reinaldo Alguz (PV) – Cauê Macris
  • Ricardo Madalena (PR) – Cauê Macris
  • Ricardo Mellão (NOVO) – Daniel José
  • Roberto Engler (PSB) – Cauê Macris
  • Roberto Morais (PPS) – Cauê Macris
  • Rodrigo Gambale (PSL) – Janaína Paschoal
  • Rodrigo Moraes (DEM) – Cauê Macris
  • Rogério Nogueira (DEM) – Cauê Macris
  • Roque Barbieri (PTB) – Cauê Macris
  • Sargento Neri (AVANTE) – Cauê Macris
  • Sebastião Santos (PRB) – Cauê Macris
  • Sergio Victor (NOVO) – Daniel José
  • Tenente Coimbra (PSL) – Janaína Paschoal
  • Teonílio Barba (PT) – Cauê Macris
  • Thiago Auricchio (PR) – Cauê Macris
  • Valeria Bolsonaro (PSL) – Janaína Paschoal
  • Vinicius Camarinha (PSB) – Cauê Macris
  • Wellington Moura (PRB) – Cauê Macris

Composição da nova mesa diretora da Alesp
Presidente
Cauê Macris – PSDB
Primeiro secretário
Enio Tato – PT
Segundo secretário
Milton Leite Filho – DEM
Primeiro vice-presidente
Gilmaci Santos – PRB
Segundo vice-presidente
Ricardo Madalena – PR
Terceiro vice-presidente
Cel. Telhada – PP

Denúncias
O PSL, partido de Janaína Paschoal, que disputou a presidência com Macris, acusa o deputado de irregularidades nas contas da campanha.
Segundo reportagem do jornal Estado de São Paulo, o posto de gasolina do qual o deputado é sócio quitou dívida de imóvel de luxo após campanha eleitoral. A empresa teria sido usada para compensar R$ 881 mil em cheques das campanhas de Cauê Macris e de seu pai, o deputado federal Vanderlei Macris.
Em 2017, Macris foi acusado de utilizar verba de gabinete para bancar apartamento a seus assessores desde 2011. À época, ele teria gasto mais de R$ 174 mil. A prática é proibida.
Na ocasião, a assessoria do deputado alegou que usava o apartamento para alojar assessores que moram no interior do estado, e que não via irregularidade.
Assinaturas
O início da 19ª legislatura também foi marcado pelo recolhimento de assinaturas para pedidos de CPIs e Frentes Parlamentares.
PT e PSL, que travaram embates verbais durante a votação da mesa diretora, trocaram assinaturas para abertura de Comissões que investiguem a Dersa e o operador do PSDB, Paulo Vieira de Souza.
A CPI da Dersa foi proposta pelo PT e a da do Paulo Vieira, pelo PSL. Segundo o deputado Gil Diniz, a ideia é unificar as propostas.
A deputada petista Beth Sahão também conseguiu número suficiente de assinaturas para a CPI do Feminicídio.

https://platform.twitter.com/widgets.js
Anúncios

PolicialBR Canal Oficial - Não Governamental Ver tudo

Comunidade dos policiais e bombeiros do Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: